nav-left cat-right
cat-right

Arquitetura solidária e cooperativa

Casas simples e confortáveis construídas de acordo com os preceitos da sustentabilidade.

Às vezes a gente acha que casas construídas pensando em sustentabilidade e ecologia são coisas só do futuro distante. Neste post, a arquiteta Elenara Leitão – que, com muito prazer, retorna a contribuir com o blog esporadicamente – nos mosta um condomínio em Porto Alegre que já se utiliza de diversos conceitos de arquitetura sustentável – e economicamente viável. Adorei! 

Perspectiva das casas. Clique para ver maior.

Achei bacana compartilhar com os leitores do Casa com Design um exemplo de arquitetura sustentável, solidária e cooperativa que existe aqui em Porto Alegre. A Ecoovila é uma realidade bonita aqui no bairro Vila Nova em Porto Alegre. Ela foi concretizada via Arcoo e é a realização de uma idéia que vi nascer em um congresso de sustentabilidade na década de 90, quando a equipe do arquiteto Otávio Urquiza (leia aqui entrevista em .PDF) apresentou um projeto que contemplava os pontos que foram concretizados mais tarde nesses empreendimentos onde os terrenos foram comprados em conjunto, o que barateou bastante custos de aquisição. O projeto das casas segue os princípios da boa arquitetura, com soluções simples que permitem economia de custos de construção e manutenção: usam a orientação solar correta para maximizar o conforto térmico, além disso o fogão interno, por exemplo, aproveita os dutos para levar o ar quente para outros ambientes (o que é muito bom no frio clima gaúcho do inverno), o sistema de energia solar somado ao aquecimento a gás e serpentinas ligadas a lareira para aquecimento de água, telhado verde, poço artesiano e reuso das águas cinzas tornam as casas bastante sustentáveis. Além disso, o paisagismo produz além de beleza, alimento para as famílias.

Corte da casa com detalhes construtivos únicos. Clique para ver maior.

É uma experiência urbana que fica uns 20 minutos do centro de Porto Alegre e tenho alguns conhecidos que optaram por morar por lá. E é um projeto que acompanhei desde a primeira concepção teórica e que vejo como realidade, mostrando que é viável sonhar com um viver mais sustentável em meios urbanos, agindo de maneira cooperada e solidária.

Assista também a um vídeo com o arquiteto Otávio Urquiza sobre o projeto:

Visite o blog de Elenara Leitão.

Related Posts with Thumbnails

5 Respostas para “Arquitetura solidária e cooperativa”

  1. Que bom poder voltar a colaborar nesse teu espaço que é sempre criativo e super bem informado.
    Obrigada pela oportunidade.
    beijos

  2. Maria Alice disse:

    Que bom poder contar com uma arquiteta que é, antes de mais nada, uma grande pessoa!
    Um beijo!

  3. É bom saber que artifícios sustentáveis já são reais e possíveis na arquitetura de construções verdes. Gostaria muito que esse exemplo fosse uma realidade em grande parte do país, mas eu sei, há muito ainda a ser feito.
    Vou indicar o post ao irmão engenheiro florestal fã de casas verdes e ao cunhado arquiteto, ambos autores de inusitados projetos de construções ecologicamente corretas em Curitiba e região.
    Parabéns.

  4. Maria Alice disse:

    Oi Tiffany, obrigada pela visita e pelo comentário. De fato, precisamos de muitas outras iniciativas como estas em todo o país. A construção ecológica já pode, sim, fazer parte de nosso dia a dia.
    Abs!

  5. Oi Tiffany,

    Há algumas experiências bem interessantes acontecendo no Brasil, veja o exemplo das ecovilas ( http://www.ipemabrasil.org.br/ecovilas.htm )
    Onde existir vontade e criatividade há a possibilidade dessa arquitetura verde vingar. Obrigada pelo comentário,
    Abraços
    Elenara

Deixe um Comentário