nav-left cat-right
cat-right

As belas (e práticas!) suculentas

Um belíssimo jardim vertical feito com suculentas: um encanto! Clique para ver maior.

Um belíssimo jardim vertical feito com suculentas: um encanto! Clique para ver maior.

Algumas das plantinhas que mais eu sou fã, são as famosas suculentas. Neste post, Marisa Lima mostra o quanto elas são versáteis e fáceis de cuidar – para além sua beleza exótica. Confira!

As ditas “suculentas” são plantas com o talo ou as folhas mais gordinhas, para permitir ali o armazenamento de água, que é maior que em outras espécies de plantas. Assim como os cactos, elas armazenam água para sobreviver em ambientes mais áridos e secos. Outras plantas, sem estas características de armazenamento de água, não conseguiriam sobreviver nos mesmos ambientes em que eles vivem.

Jardins de vasos com suculentas e cactos podem ser uma excelente solução para varandas a pleno sol.

Jardins de vasos com suculentas e cactos podem ser uma excelente solução para varandas a pleno sol.

Algumas destas espécies apresentam pelos e é através deles que elas captam a umidade do ar, ou o orvalho da manhã. Outras espécies possuem uma grossa camada sobre suas folhas, como uma cera, o que reduz a evaporação da água armazenada por ela. Os cactos apresentam uma adaptação desconhecida nas demais plantas suculentas. Eles transformam as folhas em espinhos conseguindo desta forma reter água e se defender de agressões. Além disso sua fotossíntese é feita pelo próprio talo que armazena o líquido.

Até em tamanho diminuto as suculentas são um charme!

Até em tamanho diminuto as suculentas são um charme!

Hoje os cactos e as suculentas são os queridinhos de todos, pois precisam de pouca manutenção e têm rara beleza. Sua rega é feita apenas a cada quinze dias, não dando trabalho aos seus donos, que não têm muito tempo para cuidar das plantas em casa, mas que não abrem mão de ter um verde humanizando seu lar.

Um vaso em vidro temperado reciclado por Paulo Vergueiro recebe uma espécie de suculenta das mais belas.

O local de plantio deve ter uma ótima drenagem, pois se a água acumular em suas raízes ou em suas folhas a planta apodrecerá – mas isso não quer dizer que elas não gostam de água! Uma dica é a seguinte: quanto mais carnuda a for folha de sua suculenta, menos água ela precisará. Outra dica é a de regá-las uma vez por semana ou a cada quinze dias – mas evite molhar as folhas, molhe somente as raízes.

Para você saber se ela está recebendo muita água, verifique se as folhas e o caule estão gelatinosos, quase transparentes: isso indica excesso de água. A adubação deve ser feita a cada três meses com granulado químico NPK 10-10-10.

E então? Por que não ter um belo arranjo de suculentas e cactos variados em seu lar?

Visite o site de Marisa Lima

Related Posts with Thumbnails

Deixe um Comentário