nav-left cat-right
cat-right

Na Expo Revestir

Impacto logo ao chegar: no stand da Villagres, o belíssimo "Empório" da coleção "Bistrô" recobria toda uma parede... Clique para ver maior.

Impacto logo ao chegar: no stand da Villagres, o belíssimo “Empório” da coleção “Bistrô” recobria toda uma parede…
Clique para ver maior.

Vocês devem calcular a minha dificuldade para escrever este post, não é? Creio que sim, pois já disse antes que a Expo Revestir – que tem edições anuais em São Paulo, todo mês de março – cresceu MUITO desde minha última visita que foi há apenas três anos atrás. Três anos. É muito ou é pouco?    Só posso dizer que, para mim, me pareceu pouco para o que vi de “crescimento feiral” neste ano.

"Tapeçaria HD": outro destaque da feira, desta vez da Portinari. Clique para ver maior.

“Tapeçaria HD”: outro destaque da feira, desta vez da Portinari.
Clique para ver maior.

Mas o que importa aqui é falar um pouco sobre as principais tendências, alguns destaques, novidades e marcas em ascensão no mercado. Farei o possível para ser sucinta (brrrr…  ), pois vou fazer posts sobre empresas específicas até… sei lá Deus quando! E ainda tem Milão no meio!

O lançamento "Duna", da Castelatto, mostra como os cimentícios estão a cada dia mais bonitos!

O lançamento “Duna”, da Castelatto, mostra como os cimentícios estão a cada dia mais bonitos!

Velho, usado, surrado, gasto: estas me pareceram as palavras mais adequadas para usar na maior parte dos grandes lançamentos em revestimentos na feira. “Vintage” e “Retrô” são termos mais ‘educadinhos’ para dizer que o bonito, hoje, é ter paredes e pisos manchados, com cara de antigões. Mas é claro: não vá você achar que seu piso de 30 anos atrás está na moda pois não está: só se ele for submetido a uma “releitura”, o que quer dizer que ele tem que ser novinho, saindo da fábrica, estalando de novo – ou belamente recuperado! Mas, com aspecto gasto…

"Elipse", no stand da Santorino, é outro belo cimentício.

“Elipse”, no stand da Santorino, é outro belo cimentício.

Duas empresas se empenharam e se destacaram neste quesito: a Portinari – que, me pareceu, apostou alto e muito bem na feira: eu adorei tudo – e a Villagrés. O novo “Tapeçaria HD” da Portinari é encantador e revestia todo o piso do stand da marca. Já o “Empório” da Villagrés me “pegou” pelo ar descompromissado, com peças colocadas assim e assado, tudo-junto-ao-mesmo-tempo-agora: o resultado estava divino e eu o especificaria com tranquilidade para casas com projetos de alto nível e com um pé no clássico.

Mas é claro: nem todo mundo curte passado. Daí, os cimentícios – com cara de tudo que você puder imaginar – apareceram com força! Dobradura, furinho, quadradinho, tijolinho e até eclipse (  ) podem ser as inspirações para o design dessa nova e bela opção em revestimento. Além da Solarium, da Castelatto (que tinha um stand que me cativou…) e das grandes no meio, que também produzem linhas no material (falo de Portinari, Eliane e Portobello), vi coisas realmente lindas na Hatria (gente, como é que eu não conhecia a Hatria ainda?  ) e na Santorino, por exemplo. Enfim, hoje, se eu fosse fazer uma reforma, não teria dúvida em especificar um ambiente com cimentício. O problema é só ter espaço suficiente para mostrar a beleza dos paineis resultantes…

Um stand grande e cheio de coisas bonitas a ver: este foi o espaço da Manufatti na Revestir. Em primeiro plano na foto o cobogó "Hipnose", esmaltado em branco. Clique para ver maior.

Um stand grande e cheio de coisas bonitas a ver: este foi o espaço da Manufatti na Revestir. Em primeiro plano na foto o cobogó “Hipnose”, esmaltado em branco.
Clique para ver maior.

Ainda na onda retrô, os vazados também têm bastante espaço: a Manufatti trouxe cobogós lindíssimos e grandes – 30 x 30 centímetros – que chamavam a atenção de todos! A Solarium também apresentou novos vazados em cimento muito interessantes, mas para ficar antiquado mesmo, a porcelana colorida é essencial…

Que mais? TUDO o mais. Na feira você encontra da pastilha – de porcelana, de vidro, de osso, de pedra… – à cerâmica que parece mármore. Do revestimento colorido tamanho 15 x 15 centímetros a um porcelanato que a gente nem sabe onde usar de tão grande (fachadas ventiladas pode ser a resposta…  ). Tem cerâmica com strass, com textura, com estampa de bicho, revestimento de vidro em tamanho grande (lindos!), peças psicodélicas de tantos efeitos visuais que possuem (ao incidir a luz, de um jeito ou de outro, a superfície muda completamente…), enfim: do básico ao exuberante! E este é um sinal muito forte de que, na verdade, nosso mercado cresceu e muito: tanto se pode atender a pessoas mais convencionais, que só procuram uma peça simples e bonita, até aqueles que desejam fazer uma sala de banho toda revestida em “madeira” – entre aspas pois, é claro que dá pra fazer, com as maravilhas em termos de porcelanatos HD que estão sendo fabricados.

O piso do stand da Atlas me encantou: feito com pastilhas com acabamento porcelanizado - com cores novas e exclusivas - e metálico, me parecia borracha, tal o conforto ao pisar. E o design era lindo...

O piso do stand da Atlas me encantou: feito com pastilhas com acabamento porcelanizado – com cores novas e exclusivas – e metálico, me parecia borracha, tal o conforto ao pisar. E o design era lindo…

Em resumo, de tudo um pouco, democraticamente colocados um ao lado do outro. Vai ter muito post pra fazer, mas eu vou ADORAR contar tudinho pra vocês!

E lá vem Milão…
Já há muitos anos, começo um post ou chamada sobre o Salão do Móvel de Milão desta forma. O saloni é tão grande e complexo, que semanas e até meses antes a gente já sabe o que vai ser lançado. Aí vem a semana – que neste ano será de 8 a 13/04 – e depois das performances, “aparições” e surpresas que rolam na feira principal, no Fuori Saloni, no Salone Sattelite e em diversos espaços da cidade, é a hora de “baixar a bola” e pensar o que realmente ficou – ou o que vai ficar daqui pra frente. E, neste ano, fiquei animada em fazer uma “cobertura via internet” da feira, que vou chamar de “Plantão Milão 2014“. Depois vou explicar como será e acho que vocês vão curtir…
E olha só uma coisa que já vi que vai “aparecer” por lá:

Cadeira Masters de Philippe Starck com acabamento dourado, na nova coleção "Precious Kartell" da marca italiana.

Cadeira Masters de Philippe Starck com acabamento dourado, na nova coleção “Precious Kartell” da marca italiana.

Related Posts with Thumbnails

2 Respostas para “Na Expo Revestir”

  1. Elisabeth Camargo disse:

    Obrigada, seu blog está muito bom e

    me deu até vontade de ir na Revestir. bjs

  2. Maria Alice disse:

    Oi Beth! Se puder, uma dia, dê um pulinho lá.
    Bjs!

Deixe um Comentário