nav-left cat-right
cat-right

Inti e Quilla na Revestir

O produto "Reuse Chocolate" é um dos mais bonitos lançamentos da Inti neste ano e pode ser utilizado até mesmo como um painel artístico.

O produto “Reuse Chocolate” é um dos mais bonitos lançamentos da Inti neste ano e pode ser utilizado até mesmo como um painel artístico.

Conheci estas marcas de revestimentos quando já estava trabalhando somente com divulgação de produtos (e serviços) de decoração, design e arquitetura na internet. Um de meus clientes – uma revenda – trabalhava com ambas e então fiquei conhecendo. Neste ano, na Revestir, estive no stand deles – era um stand em comum, já explico – e fotografei vários lançamentos que possuíam “QR Code“, para depois ficar sabendo os detalhes. Pois é, eu tirei as fotos quase que à toa, pois a maior parte dos códigos não saiu legível para que um novo leitor, dessa vez em casa, os traduzisse de forma que eu pudesse aproveitar o conteúdo…

Bem, mas o trabalho perdido (e mal feito, convenhamos), que fiz sobre os lançamentos das marcas não foi suficiente para me demover da ideia de vê-los direitinho. E aqui estou eu com os catálogos em .PDF “saboreando” as belezas que o Grupo Bossa criou pra gente neste ano…

Em close, toda a beleza de "Reuse Cristal" e "Reuse Chocolate".

Em close, toda a beleza de “Reuse Cristal” e “Reuse Chocolate”.

Pois é: Inti e Quilla são apenas duas marcas do Grupo Bossa, que prezam por trabalhar o que é difícil, o que é diferente. Em sua maioria os produtos são mosaicos montados com materiais nobilíssimos – da madeira ao vidro, do mármore à casca de coco, sem esquecer de pedras brasileiras muito especiais – mas também há espaço para cerâmicas tradicionais.

A linha da Inti me parece mais delicada: usam as matérias primas de modo incomum, então você pode jurar que viu uma peça com cristais quando, na realidade, trata-se de vidro moído… O jeito das peças é também mais feminino, como se fossem feitas para a casa de uma mulher. Este apelo é muito fácil de perceber e surte muito o efeito desejado, ou seja, a concretização das vendas. Mas há que ter algum critério pois, hoje em dia, por mais que a mulher “mande” na decoração da casa, o homem também está se interessando e conhecendo muito de diversos produtos.

Madeira de demolição intercalada com filetes em vidro: peças "Jatobá" e "Jauru" da linha "Ecológica", recém lançados.

Madeira de demolição intercalada com filetes em vidro: peças “Jatobá” e “Jauru” da linha “Ecológica”, recém lançados.

Já a Quilla, além de trabalhar com cerâmica tradicional com estampas muito loucas – coloridas e diferentes – também oferece alguns mosaicos, principalmente de pastilhas. O resultado final fica bonito e particularmente acho que eles têm algumas peças que realmente valem a pena.

Neste ano, a Inti entrou forte com mosaicos muito, muito bonitos. A linha “Ecológica” tem duas peças – “Reuse Cristal e Reuse Chocolate” – que são isso mesmo: reutilizam material de outra origem. Os mosaicos de espelho com vidro moído cristal ou de madeira com vidro moído em tom escuro são dois destaques.

Cipó natural, peça da linha "Bahia", combina casca de coco e tesselas de vidro.

Cipó natural, peça da linha “Bahia”, combina casca de coco e tesselas de vidro.

Já as linhas que usam madeira reaproveitada – de demolição, em alguns casos – destacam-se as que usam o tom de madeira suavizado por filetes em vidro, na minha opinião. Mas também há belos produtos de madeira com madeira (!) e feitos com quadrados de madeira e vidro. Vale a pena olhar tudo!

A linha “Bahia” traz a casca de coco com o vidro e posso lhes garantir que também é tudo de muito bom gosto. As linhas que usam vidro e espelho juntos, sendo alguns dos produtos com peças de superfície arredondada, são uma maravilha!  Nem dá pra saber qual é a mais bonita, vai depender de onde forem utilizadas. Muitas delas estão na linha “Lunar“, mas fique atento para não perder nada!

A fantástica linha "Lunar Kale", aqui combinando espelho e pastilhas arredondadas de vidro com tonalidade.

A fantástica linha “Lunar Kale”, aqui combinando espelho e pastilhas arredondadas de vidro com tonalidade.

Há ainda linhas mais antigas que utilizam o vidro de forma maravilhosa que vale a pena fazer um post só para elas. Não falei também das linhas de vidro com madeira e das linhas com pedras… – simplesmente divinas!  – mas podem deixar que não esqueço!

De novidade nas linhas da Quilla curti muito “Ajoure” e “Art“, apesar de ver novidades também na linha mais antiga, “Nouveau“. E “Retrô” acaba por me arrebatar pelo arzinho do passado mesmo que, hoje em dia, seduz facilmente o olhar. É muito bom poder valorizar belezas de um passado que, supostamente, está ultrapassado, colocando-as no presente com as linhas, formas e cores do novo século, sem que haja um choque visual e/ou estético muito ruim.

Na Quilla, destaque para as estampas super exclusivas aplicadas sobre cerâmicas. Na imagem, a linha Ajoure em dourado e preto.

Na Quilla, destaque para as estampas super exclusivas aplicadas sobre cerâmicas. Na imagem, a linha Ajoure em dourado e preto.

Em “Ajoure” a gente vê um design dos mais bonitos em cerâmica. O produto mais clarinho parece que mistura cinza claro com cinza claro – e fica lindo! image11 Mas sedutora mesmo é a peça que combina dourado com preto (ou cinza chumbo?): desta, nenhum lavabo ou banheiro mais voltado aos “barroquismos” escapa…

Acho que destaquei “Art” pelo mesmo motivo de “Ajoure“: há peças mais claras e mais escuras, feitas com uma estampa sensacional! Ponto para quem sabe lidar com algo forte e outro material mais claro e que entre em harmonia com dourados e negros.

A linha "Art" segue bem de perto a receita de sucesso de Ajoure mas seu design é diverso.

A linha “Art” segue bem de perto a receita de sucesso de Ajoure mas seu design é diverso.

E para finalizar, o clássico azul e branco de “Retrô“, para ficar bem em qualquer lugar: da varanda à varanda (!), passando por qualquer ambiente em que um toque de cor e graça entrem bem. Vou igualmente fazer um post sobre as linhas mais antigas da empresa que são “hors concours” para mim… image23

Last but not least, a beleza do patchwork antiguinho de "Retrô".

Last but not least, a beleza do patchwork antiguinho de “Retrô”.

Related Posts with Thumbnails

Deixe um Comentário