nav-left cat-right
cat-right

Na Revestir 2015 – os stands

E no stand da Deca... Hieróglifos! Uma beleza de ideia!

E no stand da Deca… Hieróglifos! Uma beleza de ideia!

Como disse no post anterior, uma das coisas mais bacanas desta edição da Expo Revestir foram os stands dos participantes. Mesmo os pequenos capricharam em seus espaços de modo a ressaltar seus produtos e/ou serviços, num verdadeiro “desfile de ambientações” muito bonito!  O que chama a atenção pois que, no ano passado, isso quase não foi notado por esta que vos escreve… Já neste ano, tirei inúmeras fotos dos espaços, não pensando muito no que havia dentro – tão bonito e importante quanto mas, em alguns casos, não tive tempo de chegar perto… E, para quem cursa arquitetura ou design de interiores, foi uma verdadeira aula do que é cenografia da boa. Sim, ambos os cursos também têm esta disciplina (ou, pelo menos, deveriam ter…  ).

O stand da Elizabeth: charmoso e elegante. Clique para ver maior.

O stand da Elizabeth: charmoso e elegante. Clique para ver maior.

Começo o “tour” com o stand da Elizabeth: foi um dos que não consegui entrar mas que me impressionaram muito positivamente, mesmo à distância. A madeira – ou pelo menos seu “toque” – bastante evidente, dava aquele ‘quê’ de algo de qualidade e elegância. Muitos outros espaços foram por aí – usando madeira ou simulando-a – e acho que por isso mesmo chamaram tanto a atenção.

Com aspecto de pérgola de madeira, a parte frontal do stand da Portinari chamava a atenção. Clique para ver maior.

Um outro stand que “dominou a cena” foi o da Portinari: muito, muito bem localizado – com direito à uma “pracinha” logo à frente, verdadeiro ponto de encontro, com pipoqueiro e tudo! – suficientemente amplo para expor lindos produtos, e ambientes menores para mostrar sua utilização, também levou o padrão madeira em sua “pérgola”, logo na entrada. Acho que, talvez, devesse haver um pouquinho mais de organização (ou seria padronização?), na exposição dos produtos, mas também acho que uma certa “baguncinha” faz parte de uma feira do tipo…

Logo na entrada, o stand da Eliane na Revestir ficou sóbrio, limpo e belo.

Logo na entrada, o stand da Eliane na Revestir ficou sóbrio, limpo e belo.

Outros espaços belíssimos – e muito bem “arrumados” – foram os da Eliane e de sua marca Decortiles: um pouco afastados dos demais, puderam brilhar com toda a arte de quem sabe montar uma boa mostra de produtos. Além dos novos revestimentos lançados pelas marcas, muito bem aplicados em todos os cantinhos, jogadas interessantes como uma “arquibancada” (no stand da Decortiles), para que as pessoas se sentassem para descansar e bater um papo – anda-se quilômetros nesses eventos, é preciso dizer… smiley11 . Os lançamentos deste segmento do fabricante, por sua cor e acabamento, foram muito bem representados em paineis logo na entrada, que impactavam a todos, com certeza! E a escolha de quais peças deveriam revestir os “paredões” atrás dos balcões de recepção de ambas as marcas também foram muito acertadas.

E a Portobello fez muita coisa bonita: destaque para as novas linhas em expositores feitos com materiais diferentes!

E a Portobello fez muita coisa bonita: destaque para as novas linhas em expositores feitos com materiais diferentes!

No stand da Portobello, beleza pura: além dos pequenos ambientes revestidos com lançamentos – o que todos fazem – a marca também lançou mão de exposições diferentes para os novos produtos. Expositores feitos em couro e em materiais alternativos exibiam lindamente as novidades e já valiam um click só por sua inovação. Neste ano, segundo soubemos, o espaço na feira deste fabricante foi “virado ao contrário”, diferentemente do ano passado, quando era necessário entrar no stand para ver tudo. Mas ainda acho que houve muitas paredes que poderiam sair de onde estavam. Mesmo assim foi um trabalho muito inspirado: valeu pelas belas e novas ideias que, já no ano que vem, devem aparecer em diversos outros espaços…

Na Perflex, belas e simples estruturas em madeira clara emolduraram os lançamentos.

Na Perflex, belas e simples estruturas em madeira clara emolduraram os lançamentos.

A madeira clara – muitas vezes Pinus ou mesmo MDF – também foi bem aproveitada para criar estruturas de exposição. Neste ponto destaco especialmente os stand da Perflex Metais – um dos mais bonitos da feira, sem dúvida! – e da Colormix Revestimentos. No primeiro, pequenos banheiros, lavabos e espaços, com muitas aberturas, permitiam que se visse as novidades “dentro” e “fora”, ao mesmo tempo. A ambientação foi caprichada e contou com uma linda linha de cubas da Vidro Real – vê como é possível se fazer boas parcerias?

Um lindo banheiro, com vários revestimentos da Colormix, foi montado em um simples quadrado demarcado por madeira simples.

Um lindo banheiro, com vários revestimentos da Colormix, foi montado em um simples quadrado demarcado por madeira simples.

E no espaço da Colormix, muita “madeira de caixote” (o aspecto era esse), deu suporte a lindas pastilhas em vidro – brilhantes e contrastantes – e todas as novas linhas de revestimentos em diversos materiais, formatos e tamanhos.

O "hall da fama" com os mais destacados lançamentos da Deca neste ano também virou "ponto de encontro".

O “hall da fama” com os mais destacados lançamentos da Deca neste ano também virou “ponto de encontro”.

Os espaços da Deca e da Hydra – marca de produtos com conceito ecológico do fabricante – estavam especialmente bonitos. Bem, que eles sempre capricham não deixa de ser verdade, mas eu achei linda a “parede” externa do stand, usando o perfil de torneiras e louças como se fossem… hieróglifos É, uma referência tão distante geograficamente e tão diferente esteticamente, que ficou super interessante como fechamento do espaço. Não sei quem foi o autor mas… palmas pra ele – ou para ela! Os novos metais e cubas foram apresentados em diversas bancadas, mas havia também uma espécie de “túnel” – ou, quem sabe, uma referência a um “hall da fama” – com as peças de maior destaque. Ficou muito bom!

Sensorial (e bem brasileiro), um dos stands da Docol na Expo Revestir deste ano.

Sensorial (e bem brasileiro), um dos stands da Docol na Expo Revestir deste ano.

Já a Docol, além do stand tradicional mostrando as peças, fez também um “sensorial”, onde cordas de sisal pendiam do teto como verdadeiras “cortinas vivas”, compartimentando o espaço e demonstrando o funcionamento de metais luxo. Ficou diferente e também muito interessante: adorei passear por aquele emaranhado cheio de “surpresas” pelo caminho…

O espaço de Casa Vogue: sempre cheio de "celebridades".

O espaço de Casa Vogue: sempre cheio de “celebridades”.

Finalmente cabe destacar o chamado “Loft de Casa Vogue” que, pelo segundo ano, monta um “espaço conceito”, com peças de diversos fornecedores ilustrando o que há de mais novo em termos de revestimentos, metais e louças, mas não apenas isso: também foram contemplados móveis (com a parceria de lojas de decoração de destaque), montando salas diversas que colocavam à prova lançamentos do evento. O projeto de foi de José Marton, e eu gostei muito.

Os gigantescos paineis do espaço da Decortiles mostravam algumas belíssimas novidades da marca.

Os gigantescos paineis do espaço da Decortiles mostravam algumas belíssimas novidades da marca.

É claro que vi detalhes e ideias expositivas muito legais em todos os cantos, mas creio que falei o que mais me impactou. Nesta semana ainda vai ter mais um post sobre a feira, depois eu conto o tema…

Related Posts with Thumbnails

Deixe um Comentário