nav-left cat-right
cat-right

Presentes de design, casa e cia.

Pensa que eu não sei? No Brasil temos ótimas opções de presentes com MUITO BOM design. Um exemplo? Cerâmica de Marcia Limani

Pensa que eu não sei? No Brasil temos ótimas opções de presentes com MUITO BOM design. Um exemplo? A cerâmica de Marcia Limmanii.

Bom, a gente sabe que falar em ‘ presente ‘  e na “palavra mágica” hoje em dia – dinheiro  – chega quase a doer nos olhos e nas mentes de quem é o autor da proeza…  É chato, mas é verdade. Por outro lado, para quem recebe é sempre um prazer, ainda mais em tempos bicudos como estes, seja no Natal ou em qualquer outra ocasião, ainda mais se for um daqueles presentÕES que a gente não espera… E quando eu falo em presentes de design ou ligados à casa, sai de baixo!  Todo mundo sabe que eu perco a medida e não penso em… preço  . Mas, como sempre digo também, uma olhadela aqui não dói nem custa nada – gente é Z-E-R-O mesmo, viu? Só custa pra mim fazer a seleção e sonhar… e como sonhar não custa nada… 

Bandeja e acessórios com a griffe Fritz Hansen: os presentes de design dos europeus está garantido.

Bandeja e acessórios com a ‘grifeFritz Hansen: os presentes de design dos europeus está garantido.

A verdade é que eu, pessoalmente, adoro presentear e fico sempre imaginando o que vai agradar mais. Lógico, demoro horas para me decidir entre isto e aquilo. Não sei se acerto mais que erro, mas sempre me divirto tentando… Aí eu tive uma ideia diferente este ano – eu vivo tendo ideias, vocês sabem…  – para cada presentAÇO que eu mostrar por aqui, vou também oferecer ao “comprador” um “presente possível”. Pode até não ter essencialmente a ver com o que for apresentado antes, mas pode também liberar aquela “fagulha inspiradora” na mente de quem tem que oferecer o presente, a encontrar algo que pode agradar a pessoa que se quer presentear. Vamos lá com a brincadeira? 

A elegância da madeira bem recortada e bem moldada no 'set' de bandejas "Stack".

A elegância da madeira bem recortada e bem moldada no ‘set‘ de bandejas “Stack“.

Começo com uma novidade – que nem é tão ‘novidade’ assim – para a casa: uma bandeja linda, linda, linda, redonda, em madeira clarinha de Freixo, criada pelo estudio de Copenhagen “Wednesday Architecture“: na verdade é um ‘set‘ de bandejas que se chama “Stack” – em tamanhos diferentes que se encaixam e podem ser utilizadas juntas ou separadas. Tudo isso para a grife internacional Fritz Hansen – e aqui é que está o luxo da coisa. A Fritz Hansen existe há mais de 140 anos e só edita móveis dinamarqueses de designers como Arne Jacobsen e Poul Kjærholm (além de designers contemporâneos que já atingiram um certo nível de “respeito profissional”, digamos assim  ). Neste ano, a marca lançou as primeiras “pecinhas” para a casa, ou seja, objetos de mais baixo custo para a classe média…  Só isso já é motivo de destaque. Para nós, sul americanos, adquirir uma dessas pode ser meio inviável, mas para o mercado europeu houve uma popularização…  – é, a crise tá pegando por lá também…  Enfim, sei que vai ter gente na Europa feliz da vida com a casa decorada por uma grife deste porte – e nós aqui sonhando com uma possibilidade de amealhar uma dessas um dia…

Feita em madeira laminada natural, a bandeja "Onda" de Fernando Jaegre tem formas curvas e leves e cai bem como um presente.

Feita em madeira laminada natural, a bandeja “Onda” de Fernando Jaeger tem formas curvas e leves e cai bem como um presente.

E o presente possível por aqui é a interessante bandeja “Onda” de Fernando Jaeger Design! Simples e robusta, ela tanto pode servir os convivas com desenvoltura – pois tem “pegada” e aguenta peso tranquilamente – quanto fica bonita se ficar como item de decoração. Gosto muito do trabalho de Fernando e só o vejo crescer, mui justamente, por desenvolver um estilo próprio, bem brasileiro e bem pessoal, incentivando novos criadores e designers, tanto dentro quanto fora de seu estúdio/fábrica e lojas. Evoé Mr. Fernando! 

Você provavelmente já viu uma dessas por aí... mas não foi uma original! Clique para ver maior.

Você provavelmente já viu uma dessas por aí… mas não foi uma original! Clique para ver maior.

Uma outra coisa que você deve ter visto aos milhares por aí – já fabricada no Brasil como cópia, obviamente – é a almofada ‘Knot‘, ou seja, “nó”. Ela foi lançada na “Feira de Design de Estocolmo” em fevereiro de 2016 pela Design House Stockholm, e virou febre mundial (ou quase…). Como é têxtil e é fácilzinha de ser reproduzida, ninguém deixou por menos e foi copiando sem nem saber a procedência… (no Brasil as coisas são assim…  ). Não faço ideia de quanto sai uma “original de fábrica”, mas entendo que você pode adquirir uma em qualquer boa loja de shopping, ou até num camelô que faça coisas bem feitas…  Fica apenas o alerta para o fato de que as coisas têm criador, sabe? Até aquela almofada engraçadinha que você viu na revista…

O colorido e as estampas de Juliana Curi cativam logo na primeira olhada seja qual for o produto estejam aplicadas, mas as almofadas são sua melhor e maior expressão.

O colorido e as estampas de Juliana Curi cativam logo na primeira olhada seja qual for o produto estejam aplicadas, mas as almofadas são sua melhor e maior expressão.

E o presente possível por aqui são as lindas almofadas de Juliana Curi : conheci seu trabalho no Instagram e amei!  Juliana tem uma facilidade assombrosa em criar estampas e mostra isso de forma inequívoca sobre almofadas. Basta ver fotos de como ficam quartos e salas com e sem as peças para admirar como o colorido e as estampas transformam efetivamente qualquer lugar. Ela também produz cangas, toalhas de mesa, grand foulards, necessáires, e de um tudo que for feito em tecido para a casa e uso pessoal, mas quem vê as almofadas, ah… quer ter uma: eu quero! 

A linha de papelaria chic de Tom Dixon, "Cube". Clique para ver maior.

A linha de ‘Papelaria Chic‘ de Tom Dixon, “Cube“. Clique para ver maior.

Outro que entrou na onda da “popularização” e já vem colhendo os resultados com firmeza foi pop designer inglês Tom Dixon. Ele já lançou conjunto de chá e café, vasos os mais incríveis (em vidro, parecem esculturas bem doidas), linha têxtil com almofadas e mantas e até velas e difusores de aromas! Mas aqui destaco a linha de papelaria que é realmente uma maravilha: tem canetas e lapiseiras cheias de design, abridor de cartas, régua, grampeadores e porta durex todos lindos, kits de duas canetas com lapiseira, e, é claro, a linha completa que se chama “Cube” e eu fiquei ba-ban-do por toda ela, viu Papai Noel?  Com acabamento em cobre de preferência – mas os acabamentos em prata ou dourado também são lindos… O fato é que é tudo lindo e só deve ser usado para quem tem uma mesa arrumada e apresentável, para que tudo “apareça” de verdade, o que não é o meu caso… 

Tenho certeza de que seu amigo ou amiga designer vão adorar as opções em papelaria da Studio Makers! Clique para ver maior.

Tenho certeza de que seu amigo ou amiga designer vão adorar as opções em papelaria da Studio Makers! Clique para ver maior.

E o presente possível por aqui é a linha de papelaria da Studio Makers. Eu particularmente escolhi duas peças para destacar: uma eu tenho e é ótima, é o “Bilheteiro – Notas em Rolo“, que tem um design perfeito para tomar nota de tudo que você precisar, a tempo e a hora. Ultra prático e super boa ideia, fica em qualquer lugar da mesa, perto do telefone, na cozinha: eu rrrrrrecomendo!  A outra é o “Envelope de metal – Porta Cartas” enooorme, em aço carbono, que serve para organizar a correspondência recebida. Eu, que tenho uma das mesas mais tumultuadas do mundo – concorro ao posto!  – Adoraria ter um! Prático e bem funcional, é opção certa para quem busca um belo presente para seu amigo que curte bom design a precinho! Detalhe: ele pode ficar fixado em uma parede ou sobre sua mesa, pois tem um pezinho de acrílico para ficar pertinho de você…

E o concreto ataca novamente: agora no tempo!

E o concreto “ataca novamente”: agora no tempo!

E uma das peças mais bonitas que vi neste fim de ano foi um relógio de parede da firma inglesa “All Things Brighton Beautiful“: em concreto clarinho, com acabamento rústico, parecendo pedra, tipo um mármore apicoado, e ganhou meu coração…  Design minimalista sem nenhum excesso, peca por tamanha beleza e bom gosto, e traz ao mundo o reforço da máxima “menos é mais” com toda a distinção, definitivamente! É visualmente levinho, para você ficar extasiado, olhando bobo para ele, só pela beleza do ‘SER RELÓGIO’… 

Relógio de parede "Sol" da Lattoog: até inveja nos outros relógios de design causa!

Relógio de parede “Sol” da Lattoog: até inveja nos outros relógios de design ele  causa!

E o presente possível por aqui é realmente outra coisa linda, e até bem parecida com o “concorrente internacional”: trata-se do relógio “Sol” criado por um dos melhores escritórios de design da atualidade no Brasil, a Lattoog Design. Elegante e todo dono de si, também é para ser colocado na parede, mas é feito em madeira maciça com detalhes em couro, num trabalho que combina design e a mão de obra artesã brasileira. Talvez até o outro o inveje… 

Uma das mais tradicionais casas europeias na produção de peças utilitárias e decorativas para mesa, a Vista Alegre investe em designs inovadores e de linhas leves como a do centro de mesa "Balance". Clique para ver maior.

Uma das mais tradicionais casas europeias na produção de peças utilitárias e decorativas para mesa, a Vista Alegre investe em designs inovadores e de linhas leves como a do centro de mesa “Balance“. Clique para ver maior.

Para finalizar, esta beleza de centro de mesa: vejam se eu consigo viver sem conhecer maravilhas como estas? Bem, a peça é de design contemporâneo e a grife é praticamente eterna: Vista Alegre. De raízes portuguesas com lojas distribuídas por todo o mundo – inclusive na charmosa Rua Haddock Lobo em São Paulo – tem tudo de bom para quem curte casa realmente bela. São muitas, muitas peças bonitas e para escolher só uma, uma só… eu sofro!  Mas aí… “Balance” se destacou na paisagem, por assim dizer. São traços simples realmente, que revelam a sofisticação, o esplendor e o prestígio do cristal. Chama atenção sobre si, sem a menor sombra de dúvida: presentAÇO para quem curte casa e está decorando ou redecorando.

 

Prato em Raku, uma das técnicas mais difíceis de queima da cerâmica. Por Marcia Limmanii.

Prato em Raku, uma das técnicas mais difíceis de queima da cerâmica. Por Marcia Limmanii.

E o presente possível por aqui é uma peça de uma ceramista que prezo muito, acompanho e admiro o trabalho: Marcia Limmanii . Há muitos anos, quando eu frequentava o Rio Design Leblon – e este era ainda um exclusivo shopping de decoração… – via seus bowls, “bolachas”, fios de peças esculturais e outras coisas na Interni, de Maria Candida Machado. Isso foi lá pela década de 1990, e eu adorava tudo. Hoje em dia, grande parte das coisas se modificaram, mas não o talento de Marcia, que agora está fora do Rio, mas continua produzindo e tem site com portfólio e etc. E daí destaquei uma, e apenas uma das várias peças que adoro dela, e que você pode adquirir e presentear qualquer pessoa que goste de decorar a casa com bom gosto, que ele ou ela certamente vão curtir muito! 

Related Posts with Thumbnails
Share

Deixe um Comentário