nav-left cat-right
cat-right

A linha “Wire” da Overgaard & Dyrman

As poucas e ótimas peças da dinamarquesa Overgaard & Dyrman: design por paixão.

Uma das peças de design mais bonitas que vi nos últimos tempos me veio através do Instagram. Tá certo que todos os dias eu vejo centenas de belas peças por lá e outras centenas de belas imagens de ambientes, mobiliário, objetaria, mesas, detalhes, destaques, enfim, um mundaréu de coisas que só faz aguçar meu olhar e minha mente de forma a captar mais e mais beleza. Mas, por outro lado, isso também confunde um pouco, também “embaça” a vista de modo que, algumas vezes, eu olho para algumas coisas uma segunda vez e as classifico como “horríveis” ou “horrendas” apagando-as de meus “favoritos”.  O que quero dizer é que não é muito fácil captar afinal o que é realmente ‘belo’, ‘bonito’ e ‘diferente’ para ser destacado, seja lá mesmo, seja aqui no blog, mesmo que a oferta seja grande e farta. Há muita repetição, cópia, “lugares comuns”, coisas que valem a pena e coisas que, realmente, não valem. 

A belíssima cadeira de jantar da linha ‘Wire‘, em aço enegrecido e couro preto: disponível em duas alturas de assento.

Todo esse preâmbulo para dizer que eu adorei as cadeiras (e poltronas e bancos…) da linha “Wire” da dinamarquesa Overgaard & Dyrman. Eles são praticamente um ateliê, que fabrica e comercializa apenas essa linha de peças, feita com produtos de primeira qualidade, como aço, couro e acessórios especialíssimos. Atendem a clientes igualmente de alto luxo e já foram publicados em diversas revistas de destaque em seu país de origem e em toda a Europa, onde é fácil se tornar conhecido devido às pequenas distâncias.

A cadeira lounge, mais larga, em aço cromado e couro “Yellowstone” (tom caramelo).

As peças são bastante artesanais com acabamento fino, de indústria. As cadeiras em dois tamanhos possuem um ‘exoesqueleto’ que aparece, mas fica muito bem revestido ou por um tratamento sobre o aço ou por couro de várias tonalidades, além de um assento ultra confortável. Têm estabilidade de sobra e um design que abraça com facilidade. Seu design é inspirado no trabalho tradicional de selaria e metal feito na região e explora a sinergia e o contraste entre materiais de alto desempenho. São três modelos de assento, um banco e uma mesa.

O “Wire Lounge Sofa“, em aço enegrecido e couro “Horizon” no tom ‘Cognac Red‘. Vai bem em halls de entrada.

A cadeira de jantar está disponível em duas alturas: uma versão alta medindo 46 cm de altura do assento e uma versão baixa com a altura do assento de 42,5 cm. Os bancos estão disponíveis em duas alturas: uma versão alta apropriada para bares tipo balcão, com cerca de 1 metro de altura, e uma versão baixa para atender a altura do balcão com 86 a 94 cm de altura. O banco mais alto vem com um apoio para os pés com uma seleção de seis tipos de madeira maciça: carvalho, carvalho defumado, madeira ebanizada, nogueira, mogno e teca – todas com acabamento encerado. A mesa de café possui dois tipos de tampos de madeira maciça: carvalho ou nogueira, ambos com acabamento encerado e com 75 cm de diâmetro. Todas as peças para sentar estão disponíveis em três tipos de couro que podem ser tingidos resultando em nove cores diferentes. Têm estrutura de aço enegrecido ou cromado. Todas as peças são numeradas e marcadas com data e iniciais do fabricante. São mesmo “puro sangue” não é?

Os bancos altos (em cima) e baixos (abaixo): repare no design da base, igual para todas as peças.

Além do charme de pertencerem à fina flor da artesanía dinamarquesa e de já terem sido escolhidas e apontadas por muitos especialistas como sendo peças realmente especiais por todos esses motivos, as peças da Overgaard & Dyrman aos poucos caem no gosto do público que ama design em todo mundo pela facilidade da divulgação via internet. São diferentes e diferenciadas mesmo e valem muito. Talvez até mais do que o que pesam… 

A mesa para café, disponível apenas com tampo redondo em madeira.

Related Posts with Thumbnails

Deixe um Comentário