nav-left cat-right
cat-right

Morar Mais Rio 2018 – parte II

A simpática saleta de jantar do ‘Apê/loft da Nutricionista‘ é um dos mais belos cantinhos da mostra neste ano.

E continuando o post sobre a visita que fizemos à Morar Mais por Menos Rio deste ano, vamos ver mais espaços bacanas que eu vi por lá? 

Na “Sala da Primavera“, Livia Quintella provou que não devemos temer as cores. Clique para ver maior.

A “Sala da Primavera” de Livia Quintella resultou em um ambiente bonito e corajoso, nada de meios termos: o conceito baseou-se no nascimento das flores, na floração, na Primavera. Livia enfrentou uma combinação difícil de rosa com azul, que existe na natureza e dá muito certo, provando que é preciso inovar e experimentar. Tanto o belo tapete no piso do jantar quanto o teto em azul ficaram muito bem com a parede em rosa forte no centro, o que nos leva a pensar no quanto é importante numa mostra exibir coisas realmente novas e/ou ‘discutíveis’. De mais, mobiliário e obras de arte bem escolhidas e um lustre exclusivo e enorme montado a duas mãos em parceria com Luciana Martins Rosa, que também investe em beleza e novidade. Um arroubo de criatividade com bom gosto e muita qualidade! 

Belo mobiliário, obras de arte interessantes, um lindo tapete, mas os acessórios estavam ótimos: é a ‘Sala Multifuncional‘ de Kilze Guimarães. Clique para ver maior.

Kilze Guimarães fez uma “Sala Multifuncional” muito agradável e elegante. Com música e iluminação ambiente, controladas por sistema eletrônico de última geração, era até complicado saber que “cenário” era o melhor (eu vi vários bons). Mobiliários e revestimentos ok, mas o que gostei mesmo foram os acessórios que, aqui e ali, me chamavam a atenção. O “segredinho” veio da própria profissional que tem loja de decoração na Região dos Lagos, aqui no Rio, e trouxe belezinhas de lá que me agradaram muito. De um modo geral, gostei. No particular também. Que bom, não é? 

Um dos espaços mais bonitos de toda mostra, o ‘Apartamento da Nutricionista‘ de Andressa Fonseca e Maria Clara Costanza chamava atenção pelo tamanho e funcionalidades. Clique para ver maior.

O “Apartamento da Nutricionista” foi o loft por excelência da mostra. Talvez ainda um pouco apertado, mas ainda assim o maior espaço para um pequeno, elegante e confortável apê contemporâneo. Andressa Fonseca e Maria Clara Costanza souberam fazê-lo bem em tons de madeira meio tom e branco com outros neutros. Talvez eu mudasse a distribuição espacial, dentro do possível, mas acho que estava muito bom. A decisão da cozinha com copa perto da janela é agradável, bem como o contrário – com o quarto naquela posição, sacrificando um pouco mais a funcionalidade da cozinha. Achei o closet meio “largado” no entanto – poderia ter sido melhor trabalhado – e o banheiro pequeno, mas correto. Em resumo, um belo espaço com alguns senões, totalmente perdoáveis. Muito bom! 

A simpática e confortável “Sala de Convivência” de Michele Ferreira e Renata Rodrigues. Clique para ver maior.

Na “Sala de Convivência” de Michele Ferreira e Renata Rodrigues muita descontração ‘chic‘: a dupla optou pelo belo tijolinho “Brique Lisser” em tom ‘Areia’ para revestir a parede principal, o que já garantiu charme e harmonia ao lugar. Num misto de clima industrial com o característico bom gosto do mobiliário da Velha Bahia – rústico e bem brasileiro – as profissionais compuseram um ambiente pequeno e agradável, com tudo de bom que se espera de um pequeno lounge. Destaque para os pequenos adornos e acessórios, que também são da loja, que só traz coisas bacanas para decoração (e ainda com “preços viáveis”…  )

Você não vai acreditar como cabe de tuuuuudo no “Miniapê da mulher moderna” de Cyntia Sabat! Clique para ver maior.

Cyntia Sabat neste ano se desafiou. Queria criar no menor espaço da mostra um apartamento feminino que pudesse contemplar todos os desejos da moradora: uma mulher moderna que trabalhasse em casa, e também pudesse descansar, lavar, passar, comer e até receber alguns amigos. Em apenas 16 metros quadrados (você leu certo, dezesseis metrinhos, 10 + 6, só!  ), a profissional conseguiu contemplar todos os desejos: sofá cama, TV, mini closet, mini banheiro, cozinha com despensa, sapateira e bancada de trabalho com vista. Não é milagre mas tem alguns segredos: projeto desenvolvido com uma marcenaria bem elaborada e total funcionalidade de todos os cantinhos. Cores suaves – rosa pálido, que foi lugar comum de diversos espaços, com branco – material de boa qualidade e ferragens excelentes, pois para dar conta do “abre e fecha” de um espaço como este, só mesmo com peças excelentes neste particular! 

Funcional e bastante simpático, o ‘Banheiro Masculino‘ de Karine Taranto estava ótimo!

O “Banheiro Masculino” de Karine Taranto estava bem simples mas com tudo no lugar: lavatório integrado à uma base de espelho feita com bancada em cimento mármore natural Bayteg e madeira que escondia o sanitário, uma pequena banheira que dividia o espaço com o box todo revestido em azulejos com azul e branco (de um fornecedor novo que ainda vou falar aqui a respeito!  ). Simples e digníssimo, com espaço para circular e boas facilidades. Os recortes de iluminação no teto e nas paredes também foram muito bem feitos e vieram a calhar.

Bonito, funcional e com uma verdadeira ‘floresta’: o “Banheiro Feminino” conquistou muita gente.

Para terminar, o “Banheiro Feminino” de Aline Naue e Pablo Rangel estava uma graça: todo revestido numa peça cimentícia da Rerhty que foi customizada com letras para fazer frases de incentivo pelas paredes, ele também foi pintado em rosa clarinho, e já chamava a atenção (e os olhos benevolentes de todos os visitantes) só pela cor. Mas teve mais: uma simpática bancada em porcelanato imitando madeira à perfeição, dando suporte a um lavatório de apoio da Lorenzetti e uma parede totalmente revestida com bolsas de PET que faziam a base para um belo jardim vertical! Do lado, uma banheira free standing, com chuveirão, para arrematar. Ficou muito bonito e prático, de visual leve também. Gostei muito… 

Surpresa! No Miniapê de Cyntia Sabat ainda dorme mais um no mezanino… suba pela escada de corda!

Acho que vale muito a pena você ir até lá ver tudo isso que falei, e vale mais ainda para ver tudo que não falei: tem a ‘Casa para viver‘ da Americanas.com, com paredes bem coloridas, tem o ‘Espaço Casa & Vídeo‘, cheio de coisas para a casa, tem o ‘Apartamento Industrial Amoedo‘, cheio de revestimentos a escolher, tem o ‘Quarto da filha‘ todo com madeirinhas, tem as galerias de arte com quadros que curti muito, tem o ‘Café‘ e o ‘Restaurante‘ – muito bons por sinal – e as lojinhas! Nada disso entrou aqui por um motivo ou por outro pois sou “cri-cri”, vocês sabem –   –  e exigente com alguns princípios do bom design de interiores que sempre considero em minhas análises. Mas ainda teremos pelo menos mais um post sobre a mostra e correlatos. Me aguardem… 

SERVIÇO
Morar Mais por menos
CasaShopping – Av. Ayrton Senna, 2.150
Bloco P – 4º piso – Barra da Tijuca.
De 3 de agosto a 9 de setembro de 2018
De terça a domingo, das 12h às 21h
Informações: 2512-2412

Related Posts with Thumbnails

2 Respostas para “Morar Mais Rio 2018 – parte II”

  1. Amei tudo que escreveu sobre meu espaço Banheiro Masculino!
    Obrigada!
    Bjs!!

  2. Maria Alice disse:

    Por nada Karine! Muito sucesso!
    Bjs!
    Malice Miller

Deixe um Comentário