nav-left cat-right
cat-right

Mais da Eliane

O lindo “Patch Coral” na cor verde: um dos mais bonitos do ano.

E neste ano a Eliane ainda tem mais a mostrar de lançamentos em cerâmicas, porcelanatos e revestimentos, claro. Hoje selecionei de grandes formatos a superfícies que imitam pedras e linhas com desenhos de ‘Op Art‘ e em estilo ‘patchwork marítimo’. Vamos conferir? 

Falando em grandes formatos devo dizer que a empresa é super craque nesta seara e eu ainda não mostrei as novidades naqueles porcelanatos maravilhosos com metros de largura e comprimento: no caso deles a placa vem com até 2,40 por 1,20 metros, o que dá para fazer uma super bancada – e eles têm bancadas prontas por lá – depois falamos disso***1 – uma super mesa de jantar ou uma mesa ao ar livre até, mas também dá para revestir com uma só peça um ambiente de quase 3 metros quadrados de área – já pensou?  Claro que ninguém faz isso, mas que é possível, é. 

Toda a beleza de “Marmo Branco“.

Agora, os padrões, são aquelas maravilhas inspiradas nos mármores, pois a natureza é o que nos inspira mais e melhor neste caso de peças de grandes dimensões: há o “Marmo Branco“, que tem superfície clássica e tradicional, lembrando os mármores brancos com veios cinzas, expressando um movimento quase natural. Disponível no acabamento polido, o revestimento confere uma dose de classe ímpar a ambientes modernos e sofisticados. Vem nos formatos 80 x 160, 120 x 120 e 120 x 240 centímetros – e eu fico só sonhando o que fazer com tanta beleza… 

Em altíssima, o cinza nobre de ‘Marmo Gris‘.

Em “Marmo Gris“, uma releitura dos mármores acinzentados, lindos, super em alta, onde a superfície apresenta nuances cromáticas neutras que conferem um toque de personalidade marcante aos espaços. Polidos, são imponentes e se sobressaem em espaços amplos pela nobreza do material, especialmente nos grandes formatos. Neste caso, disponível em: 120 x 240, 120 x 120 e 80 x 160 centímetros.

Todo o luxo de um piso em “Mont Blanc“. Clique para ver maior.

Em “Mont Blanc” há delicadeza e assimetria nos veios da pedra que se destacam no toque acetinado. O fundo nobre em branco com nuances em cinza impera em ambientes neoclássicos de pura elegância, levando a um décor limpo e atemporal. Disponível nos formatos 90 x 90 e retificado em 59 x 118,2 centímetros e também com acabamento polido em 90 x 90 centímetros.

A classe de um clássico: “Pulpis Crema” reveste a parede.

Um dos mais bonitos lançamentos do ano, “Pulpis Crema” lembra toda a elegância dos mármores ‘crema‘, de base neutra, onde os delicados veios claros percorrem toda a superfície, trazendo um toque de movimento aos espaços. O acabamento polido, disponível nos formatos 60 x 120 centímetros e no retificado 59 x 59 centímetros, cria um efeito translúcido e brilhante maravilhoso. No acabamento polido o tamanho é 59 x 118,2 centímetros e tem também no acabamento brilhante em três tamanhos: 45 x 90, no 33 x 60 e no retificado 32 x 59 centímetros.

Nas paredes do banheiro projetado pela arquiteta Marcela Enciso, se destaca o “Onix Cristal Polido“.

Para finalizar esta linha tem o “Ônix Cristal“: inspirado na imponência das pedras clássicas, evidencia a sensação de profundidade da pedra Ônix, de beleza única. A superfície oscila entre o branco e o translúcido, e dá notas sutis de seus veios. No acabamento acetinado, vem no formato retificado 59 x 118,2 centímetros, e no luxuoso acabamento polido, nas medidas 59 x 59, 90 x 90 e 60 x 120 centímetros.

Mas a marca tem tanto, mas tem tanto a mostrar… Então vamos, sem demora! Agora é hora de… ‘Op Art‘! 

Uma parte da paleta de cores com os padrões de “Patch Wave“. Clique para ver maior.

Movimento artístico que explora as ilusões de ótica, brinca com as percepções do olhar, a ‘Op Art‘ – ou arte ótica, em tradução literal – surgiu na Europa e nos Estados Unidos entre as décadas de 1950 e 1960. Foi considerada inicialmente como uma variante do expressionismo abstrato, mas depois se diferenciou bastante deste. As obras que seguem este movimento prezam pelo dinamismo, pelas formas concêntricas, têm impressão de movimento e acabam por gerar uma certa interação entre observador e o objeto artístico. A intenção é a de trazer o espectador para dentro do quadro, ou da escultura. Pensando nisso, a Eliane Revestimentos criou a coleção Patch Wave.

Segunda parte da paleta de cores com os padrões de “Patch Wave“. Clique para ver maior.

Inicialmente se pensou apenas em piscinas, onde a água faria um trabalho ainda mais dinâmico com os desenhos da superfície cerâmica, mas depois se percebeu que, mesmo em paredes normais, as peças já possuíam um belo movimento. Elas permitem criar instigantes painéis coloridos que provocam a imaginação e a criatividade de observação: dependendo do ângulo de vista e da iluminação, surgem novas formas virtuais e efeitos óticos, que conferem um outro olhar aos revestimentos. A paleta cromática escolhida foi a das águas dos oceanos, e a novidade traz um brilho que, em união às superfícies texturizadas artesanalmente, revelam a beleza e a tranquilidade das – ora sutis ora intensas – ondulações do mar aberto. As cores de Patch Wave transitam de tonalidades leves às mais densas, indo da calmaria de um céu de verão à escuridão das profundezas oceânicas. São quatro padronagens diferentes em tamanho 20 x 20 centímetros e sete cores diferentes que se destacam cada uma de uma forma.

A paleta de cores e desenhos de ‘Patch Coral‘.

Uma outra linha que também aproveita o estilo patchwork e faz muito sucesso é a recém lançada “Patch Coral“, que remete à beleza das formas da vida marinha sobre o fundo rochoso dos oceanos. Apresentada em cores básicas que têm a ver com as cores dos mares distantes desse mundo – “Água“, “Azul” e “Verde” – apresenta os corais em branco, em lindo contraste de grafismos geométricos e orgânicos. As peças podem ser usadas em paredes internas ou piscinas e resgata a nostalgia dos azulejos artísticos e da azulejaria artesanal. As peças apresentam diferentes elementos da vida marinha em grafismos estilizados cheios de bossa, com linhas orgânicas que conferem uma sensação de movimento natural aos revestimentos. Os desenhos surgem de traços delicados sobre a superfície que parecem se “desmanchar” lentamente sobre a superfície monocromática, como se fossem desenhados com as claras areias das praias. São cinco estampas diferentes no tamanho retificado de 19 x 19 centímetros. Um verdadeiro espetáculo de cor e forma! 

Finalmente, entram como destaque as linhas de porcelanatos que lembram as pedras brutas, que fazem muito sucesso na decoração rústica e de alta categoria. Os projetos contemporâneos valorizam um olhar voltado ao meio ambiente, pontuados por elementos decorativos e arquitetônicos que evidenciam as características próprias da natureza. Logo, busca-se por produtos que aliam tecnologia à beleza das matérias primas originais, sejam elas pedras, madeira, metais, etc. São produtos de estética ímpar que seguem fielmente os desenhos esculpidos naturalmente ao longo dos anos pela própria natureza.

A pedra bruta de “Garden Oxide“. Clique para ver maior.

Em “Garden Oxide“, o porcelanato traz para os ambientes, intensos tons terrosos que aproximam o elemento industrial do natural. Aliado à cartela cromática, a superfície com visual da pedra robusta reforça a sensação de calor dos espaços.

Caledônia Graphite‘ tem veios bem marcados. Clique para ver maior.

Na coleção “Calendônia Graphite” há um ton sur ton de cores frias com toques de tonalidades mais quentes, as quais o revestimento retrata com fidelidade. A beleza bruta com suas nuances e toque únicos sobressaem no produto que é de alto desempenho.

Atérmico, “Stonegrês Marrom” vai bem em beiras de piscinas. Clique para ver maior.

Em “Stonegrês Marrom“, a matéria bruta se transforma em obra prima e ganha destaque em ambientes contemporâneos. O toque rústico da pedra compõe superfícies cerâmicas atemporais, fazendo referência ao movimento das grandes metrópoles.

O charme da ‘Quartzita‘ vai bem até em suítes.

Finalizando, os tons claros de “Quartzita“, um clássico da decoração, com superfície de tonalidade mais leve, apresenta sutis traços suavemente acinzentados que percorrem toda a peça, trazem um design minimalista e contemporâneo aos ambientes.

Não sei se ainda farei algum outro post a respeito de lançamentos Eliane e/ou Decortiles, a marca coligada, mas eu não duvido de que haja ainda bons lançamentos da parte deles. Fôlego e ainda alguns meses pela frente eles têm! 

***1 Farei um post sobre as bancadas da Eliane que são muito interessantes.

Related Posts with Thumbnails

Deixe um Comentário