Conhecer os tipos de iluminação mais comuns no mercado é uma etapa essencial em qualquer projeto de iluminação da sua casa. Mas nem sempre é fácil saber quais são eles, e quais usar em cada cômodo.

Se você também não sabe como descobrir aqueles que podem ser melhores para você, não se preocupe. Vamos te ensinar tudo que você precisa saber sobre esse assunto logo abaixo.

Confira:

Quais são os tipos de iluminação mais comuns?

tipos de iluminação mais comuns
Foto de Pexels

Para saber quais tipos de iluminação funcionam melhor na sua casa, o primeiro passo é conhecer as variedades de iluminação que você pode encontrar no mercado, e elas são dividas em 3 tipos principais.

O primeiro deles está relacionado a incidência de luz, e nessa categoria você pode encontrar 6 tipos de luz mais comuns:

  • Luz direta;
  • Luz indireta;
  • Luz difusa;
  • Luz detalhe;
  • Luz linear
  • Luz de destaque.

A segunda categoria de luz mais comum, está relacionada à cor de temperatura da luz que você pode usar, e existem dois espectros comuns no mercado: A luz branca, e a luz quente, ou luz de tons mais amarelos.

Vale ressaltar que existem diversas tonalidades na escala de cor entre a luz branca e a amarela, e você pode escolher o tom que melhor se encaixa no seu ambiente.

Por fim, existe também uma categoria reservada para as peças de luz, os objetos que você vai usar para iluminar seus ambientes, e entre eles, alguns também são mais comuns. São eles:

  • Arandelas;
  • Pendentes;
  • Lustres;
  • Spots;
  • Fitas de led;
  • Abajur;
  • Luminária de mesa;
  • Luminária de piso.

Combinando essas 3 categorias de forma inteligente e personalizada, você pode criar uma boa iluminação em qualquer cômodo da casa. Vamos ver como fazer isso em alguns deles.

Tipos de iluminação para usar na sala

Tipos de iluminação para usar na sala
Foto de kundennote_com no Pixabay

Sabendo os tipos de iluminação mais comuns do mercado, é hora de entender quais peças e tipos de luz funcionam melhor na sua sala, levando em conta as necessidades do ambiente.

Por ser um ambiente versátil, que comporta atividades diferentes, a sala é o espaço onde você mais pode brincar com a iluminação, usando tipos e peças diferentes, voltadas para cada atividade e finalidade das suas áreas.

Por isso, vale apostar em luzes focais, em uma luz direta central, luzes indiretas, luzes difusas com tons mais quentes, e por aí vai. Tudo depende de como pretende arrumar a sua sala, e da função que a iluminação terá nela.

Para a sala de jantar, principalmente em ambientes integrados, a ideia é usar uma luz direta branca, focando na iluminação da sua mesa, e isso pode ser feito com o uso de um pendente ou até mesmo um lustre.

4 tipos de iluminação mais usados no quarto

4 tipos de iluminação
Foto de ErikaWittlieb no Pixabay

Sabendo como escolher os tipos de iluminação para a sua sala, é hora de partirmos para o quarto. Então, separamos 4 tipos de iluminação mais comuns nesse ambiente, para te ajudar a compor a sua da forma certa.

Veja só:

  • Iluminação de cores amareladas e quentes – Como é um ambiente de descanso e relaxamento, um quarto precisa de uma iluminação aconchegante. Por isso, usar tons mais amarelados pode ser uma ótima opção nesse caso;
  • Iluminação indireta – Criar iluminação indireta, usando luminárias ou fitas de led em locais estratégicos também é uma ótima opção para o seu quarto, deixando o ambiente mais confortável para os seus olhos;
  • Iluminação central – Ter uma iluminação central, como um bafon de luz ou mesmo um lustre de teto, é essencial em um quarto, e indispensável para o uso no dia-a-dia;
  • Iluminação difusa – Esse tipo de iluminação, que você pode criar usando arandelas de parede, também funcionam para dar mais aconchego ao seu quarto, criando um raio de luz disperso e confortável.

Tipos de iluminação para a cozinha

Tipos de iluminação para a cozinha
Foto de AddiGibson no Pixabay

Seguindo as dicas de tipos de iluminação para os principais cômodos da casa, é hora de entender como iluminar bem a sua cozinha.

Para isso, você precisa entender que esse é um ambiente de constante trabalho, por isso precisa estar sempre bem iluminado, com luzes de cor branca de iluminação direta e uniforme, além de um índice de reprodução de cor mais elevado.

Por isso, foque em criar pontos de iluminação voltados para as principais áreas de trabalho da sua cozinha, garantindo que as luzes vão auxiliar nos momentos de cozinhar as suas comidas, e também na hora das refeições.

Além disso, você também pode criar uma iluminação auxiliar, usando pontos focais de luz, como um pendente em uma bancada ou mesa de refeições, deixando esse espaço mais aconchegante e receptivo.

Dica extra: como acertar na iluminação de qualquer ambiente

como acertar na iluminação
Foto de Tuur Tisseghem no Pexels

Agora você já conhece os principais tipos de iluminação, e sabe quais usar em 3 principais ambientes da sua casa, então é hora de começar a criar o seu projeto de iluminação.

Mas antes de finalizarmos por aqui, veja mais uma dica matadora para acertar na iluminação de qualquer ambiente da sua casa:

  • Entenda as atividades que serão realizadas em cada espaço da casa, e como a iluminação irá auxiliar elas, criando um ambiente visualmente adaptado às necessidades de iluminação de cada espaço.

Curtiu esse conteúdo? Então nos conte nos comentários. E não esqueça de também conferir os outros textos que temos preparados para você.

Escrito por

Marcos Aurélio

Marcos Aurélio, 44 anos, é um apaixonado por tecnologia e pescaria. Trabalhando online, ele explora o fascinante mundo da iluminação residencial. Como pai dedicado, adora compartilhar suas paixões e conhecimentos com seu filho, equilibrando habilmente a vida digital e os momentos de conexão com a natureza.